Ideias para atividades

Criar ou fortalecer o grupo ou pastoral de cuidado com a criação da sua comunidade

Trabalhar uns com os outros em comunidade nos ajuda a permanecer engajados e comprometidos a longo prazo.

A Laudato Si’ diz que “estamos unidos por laços invisíveis e formamos uma espécie de família universal, uma comunhão sublime que nos impele a um respeito sagrado, amoroso e humilde.” (89) Partindo disso, o Sínodo dos Bispos sobre a Região Pan-Amazônica propôs “desenvolver programas de capacitação sobre o cuidado da “casa comum”, destinados à agentes de pastoral e demais fiéis, abertos a toda a comunidade.” (Documento final, 70)

Crie ou fortaleça o grupo de sua comunidade para estimular seus espíritos e inspirar ações pelos anos à frente. Anuncie as mudanças que você realizou durante a Semana Laudato Si’ e convide a sua comunidade para juntar-se.

Para fortalecer o seu grupo de comunidade:

  • Peça ao seu grupo que dedique a próxima reunião a uma avaliação honesta de seus esforços até o momento. Durante a reunião, celebre o progresso que já fizeram juntos e identifique algumas áreas que ainda os desafiam. Podem considerar se o seu grupo está engajando a comunidade como um todo em três áreas de cuidados com a criação: eco-espiritualidade, sustentabilidade e o incentivo a políticas ambientais morais.
  • Como resultado da reunião, planeje momentos no calendário da sua comunidade para que o grupo tome medidas de novas maneiras. É bom incluir o Tempo da Criação (1 de setembro a 4 de outubro), Quaresma, e Advento.
  • Considere inscrever a sua comunidade no programa de Círculos Laudato Si’ para acessar uma vasta seleção de recursos gratuitos e se conectar com comunidades ao redor do mundo com as mesmas intenções.
  • Durante a Semana Laudato Si’, anuncie os seus compromissos para a comunidade.

Para formar um grupo da comunidade:

  • Identifique uma ou duas pessoas que podem liderar esta iniciativa com você. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Organize uma conversa com esse grupo para rezar e compartilhar os seus objetivos. Considere o programa de Círculos Laudato Si’, que oferece uma vasta seleção de recursos gratuitos e conexões com comunidades ao redor do mundo com as mesmas intenções.
  • Após a conversa inicial, encontre-se com seu pároco, conselheiro pastoral, ou ministério social. Peça que a comunidade patrocine o seu grupo.
  • Durante a Semana Laudato Si’, de 16 a 24 de maio, anuncie a criação do seu grupo para a comunidade. Convide outras pessoas a participarem, fornecendo a informação de contato da pessoa que irá ajudar a inscrevê-los no grupo. Use os recursos promocionais aqui para compartilhar a notícia antes da data de anúncio.
  • Após a Semana Laudato Si’, planeje momentos em que o seu grupo tomará medidas de novas maneiras. É bom incluir o Tempo da Criação (1 de setembro a 4 de outubro), Quaresma, e Advento. Compartilhe os planos com a liderança e com a comunidade como um todo.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Engajar os representantes eleitos

Encorajar o desenvolvimento das políticas públicas é um interesse das lideranças católicas há muito tempo. Agora, muitos líderes estão percebendo que abordar a crise ecológica é essencial para apoiar a cultura da vida que as comunidades católicas valorizam.

Como diz a Laudato Si’, “tornou-se urgente e imperioso o desenvolvimento de políticas capazes de fazer com que, nos próximos anos, a emissão de dióxido de carbono e outros gases altamente poluentes se reduza drasticamente.” (26)

Trabalhe com sua comunidade para incentivar os representantes eleitos a incluir clima e ecologia em suas políticas. Você pode considerar estas etapas:

  • Encontre uma pessoa ou um pequeno grupo que irá se comprometer a liderar este trabalho com você. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Pesquise quais grupos socioambientais são ativos em sua área. Você pode considerar grupos que atendem às comunidades da “linha de frente”, que são desproporcionalmente afetadas por desafios ambientais, como mudanças climáticas e poluição.
  • Programe três reuniões importantes: a primeira com seu pároco ou outro líder, a segunda com um grupo ambiental em sua área e, finalmente, uma reunião de acompanhamento com seu pastor ou outro líder.
  • Quando você se encontrar com seu pároco ou outro líder, lhe agradeça por sua ação em questões sociais. Explique que cuidar da criação é uma maneira importante de reforçar e viver a missão social da Igreja. Você pode imprimir Como proteger a criação expressa os valores católicos?
  • Diga ao seu líder que seu pequeno grupo fará um plano para envolver as autoridades eleitas no desenvolvimento de políticas sobre clima e ecologia. Peça orientação a ele. Não se esqueça de perguntar como o seu grupo deve se envolver com comitês de políticas paroquiais ou diocesanos.
  • Quando você se encontrar com membros do grupo ambiental, peça conselhos sobre quais políticas precisam de mais ação. Muitas vezes, é mais eficaz concentrar-se nas políticas locais e regionais do que nas políticas nacionais. Pergunte sobre seus planos específicos para envolver os funcionários nessas políticas e discuta qual deles seria adequado para o seu pequeno grupo.
  • Ao dialogar com o grupo ambientalista, lembre-se de alguns exemplos de ações que outras comunidades católicas adotaram. Isso inclui reuniões com autoridades, escrever cartas e telefonar para eles e escrever artigos de opinião para jornais locais. Essas ações são sempre mais fortes quando são realizadas com um grupo. Não importa qual ação você tome, Não se esqueça de que seja em oração e sincera.
  • Depois de se reunir com o grupo ambiental, escreva seu plano para envolver os funcionários eleitos. Não se esqueça de incluir em quais políticas você gostaria de trabalhar, quais ações tomará, quando tomará ações e como irá interagir com comitês paroquiais ou diocesanos. Verifique se sua primeira ação ocorre na semana da Laudato Si’, de 16 a 24 de maio.
  • Finalmente, retorne ao seu líder com seu plano escrito. Pergunte se ele/ela tem algum comentário e atualização, se necessário.
  • Durante a Semana Laudato Si’, de 16 a 24 de maio, dê o primeiro passo no seu plano. Anuncie que seu grupo começou a envolver funcionários eleitos ao longo do ano. Convide outras pessoas para participar, fornecendo as informações de contato da pessoa que irá ajudar a inscrevê-las no grupo. Use os recursos promocionais aqui para compartilhar a notícia.
  • Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Realizar uma auditoria energética e planejar reduzir as emissões

Tomar medidas para entender e reduzir as emissões de gases de efeito estufa da sua comunidade é uma maneira concreta de responder à necessidade urgente de resolver a crise climática.

Como diz a Laudato Si’, a “atenuação dos efeitos do desequilíbrio atual depende do que fizermos agora.” (161) A ação decisiva começa com a compreensão de onde estamos. Só então podemos avançar em uma direção diferente.

Para liderar sua comunidade em uma auditoria energética, considere estas etapas:

  • Encontre uma pessoa ou um pequeno grupo que irá se comprometer a liderar este trabalho com você. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Peça para falar com seu pároco ou outro líder, lhe agradeça por sua ação em questões sociais. Explique que cuidar da criação é uma maneira importante de reforçar e viver a missão social da Igreja.
  • Descreva o que é uma auditoria energética. Uma auditoria energética é uma maneira de entender o uso atual de energia da sua comunidade. Isso implica avaliar seu uso normal de energia (por exemplo, observando as contas de serviços públicos anteriores) e seus hábitos (por exemplo, andando pela propriedade para observar as lâmpadas). Muitas organizações fornecem ferramentas gratuitas para realizar auditorias energéticas. Uma ferramenta disponível em sua área pode ser encontrada através de uma pesquisa on-line.
  • Solicite que a congregação realize uma auditoria energética. Ofereça a ajuda do seu pequeno grupo para realizar a auditoria.
  • Auxilie o gerente de construção da sua comunidade, o comitê de instalações, o conselho paroquial ou outros a concluir a auditoria.
  • Após a conclusão da auditoria, solicite uma reunião com seu pároco ou outro líder para discutir os resultados. Vá para a reunião com sugestões preparadas de maneiras para reduzir o uso de energia.
  • Algumas das maneiras de reduzir o uso de energia com maior impacto são reduzir o aquecimento e o resfriamento (geralmente instalando um termostato programável e alterando a temperatura atual em um grau), diminuindo a configuração em algum refrigerador ou aquecedor de água e mudando para lâmpadas LED. Se sua comunidade possui um gerador, convém também limitar o uso. Se sua comunidade estiver localizada em uma área com várias horas de sol todos os dias, convém considerar a instalação de painéis solares.
  • Solicite que a comunidade implemente pelo menos uma maneira de reduzir o uso de energia. Anuncie a mudança na sua comunidade durante a Semana Laudato Si’, de 16 a 24 de maio. Use os recursos promocionais aqui para compartilhar a notícia.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Realizar um momento de oração por uma justa transição à energia limpa

É imperativo interromper o uso de combustíveis fósseis o mais rápido possível. Também é imperativo que essa transição seja feita de maneira justa, com respeito pelos homens e mulheres que agora trabalham na indústria de combustíveis fósseis.

Como diz a Laudato Si’, “O trabalho é uma necessidade, faz parte do sentido da vida nesta terra, é caminho de maturação, desenvolvimento humano e realização pessoal.” (128)

Organize um momento de oração para uma transição justa para energia limpa. O momento de oração pode ocorrer em sua comunidade ou, se possível, próximo a um local associado a combustíveis fósseis, como o escritório de um fornecedor de eletricidade, empresa de mineração ou produtor de petróleo. Convide os líderes da instalação de combustíveis fósseis a participar do serviço de oração com você. Não se esqueça de coletar todas as licenças necessárias para um momento de oração fora de seu local e de orar de forma pacífica e sincera por justiça. Se você for solicitado a sair, recomendamos que você o faça.

O momento de oração deve ocorrer durante a Semana de Laudato Si’, de 16 a 24 de maio. Você pode considerar incluir as seguintes etapas:

  • Encontre uma pessoa ou um pequeno grupo que irá se comprometer a liderar este trabalho com você. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Use os recursos promocionais aqui para convidar a sua comunidade a participar do momento de oração.
  • Comece com leituras da Bíblia, como Jó 12,7-10, Salmo 95,4-5 e Lucas 12,24.
  • Convide um orador para fazer uma interpretação das leituras. O orador pode pedir ao grupo que considere que a criação é do Senhor e que somos seus guardiões. Cuidar de toda a criação significa proteger a Terra e proteger nossos irmãos e irmãs que a compartilham. Uma transição para combustíveis fósseis deve ser feita rapidamente e sem demora, mas é importante que essa transição seja feita de maneira justa, com amplo cuidado e respeito por aqueles que agora trabalham na indústria de combustíveis fósseis.
  • Cante uma música relacionada à criação ou uma canção relacionada ao cuidado de nossos irmãos e irmãs.
  • Termine com uma oração, como a oração que encerra a Laudato Si’ ou a oração incluída neste kit de recursos.
  • Nos dias seguintes ao momento de oração, acompanhe os participantes para que eles saibam que suas orações são apreciadas. Envie a eles alguma resposta da instalação de combustível fóssil, se a oração foi realizada lá, ou atualizações sobre as ações que foram realizadas por outras comunidades durante a Semana de Laudato Si’.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Alinhe os seus investimentos com os valores católicos

Nossas decisões de investimento afetam pessoas ao redor do mundo. É importante aplicarmos nossos valores católicos nas decisões que tomamos sobre nossos investimentos.
Afinal de contas, nossos investimentos financeiros são apenas mais um meio de implementarmos a visão da Laudato Si’. Não são um fim em si mesmos. Como diz a Laudato Si’, “convém evitar uma concepção mágica do mercado.” (190)
Atualizar o portfólio financeiro da sua instituição para que siga conforme os valores católicos, especialmente se a sua instituição tem investimentos em combustíveis fósseis, é uma maneira importante de acelerar a transição para a economia de energia limpa. Uma economia de energia limpa é essencial para proteger nossos irmãos e irmãs ao redor do mundo.
Gerenciamento moral de investimentos financeiros podem ter várias formas, como descrito abaixo. Os compromissos devem ser implementados em até cinco anos.

  • Desinvestimento em combustíveis fósseis, inspirado no sínodo da Amazônia. O Sínodo dos Bispos sobre a Região Pan-Amazônica escreveu que “assumimos e apoiamos as campanhas de desinvestimento de empresas extrativistas . . . conclamamos a uma transição energética radical.”
  • Combine estratégias de engajamento e desinvestimento. O engajamento como acionista em empresas de combustíveis fósseis é uma forma de encorajá-las a fazerem uma transição mais rápida à energia limpa. Mantenha o valor mínimo de investimento necessário para ser acionista. Certifique-se de que a empresa de combustíveis fósseis na qual investe sabe que você tem um prazo claro de dois anos para ver as suas exigências implementadas. Se as suas exigências não forem cumpridas dentro de dois anos, você irá desinvestir por completo.
  • Busque investimento de impacto. Certifique-se de que os seus investimentos fazem a diferença. Pesquise por sugestões e recursos para saber mais sobre como os investimentos da sua instituição podem criar um impacto positivo para as pessoas e o planeta.

A decisão de desinvestir costuma ser feita deste modo

  • Identifique uma pessoa ou um pequeno grupo que pode liderar esta iniciativa com você. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Peça para falar com seu pároco ou outro líder sobre atualizar os investimentos da sua instituição para estarem de acordo com os valores católicos. Se o seu objetivo é o desinvestimento, prepare-se para uma reunião imprimindo este papel de perguntas.
  • Agradeça o seu líder por sua ação em questões sociais. Explique que cuidar da criação é uma maneira importante de reforçar e viver a missão social da Igreja. Descreva como atualizar o portfólio de investimento da sua instituição faz parte do cuidado com a criação, já que precisamos de uma transição urgente à economia de energia limpa para proteger a criação e todos que a partilham. Peça à sua instituição que faça o comprimisso durante a Semana Laudato Si’, de 16 a 24 de maio.
  • Acompanhe após esta reunião conversando com o conselho paroquial de sua instituição, o comitê financeiro ou outro órgão de tomada de decisão.
  • Trabalhe com os líderes da sua instituição enquanto decidem sobre assinar o formulário de compromisso.
  • Anuncie o desinvestimento à sua comunidade durante a Semana Laudato Si’. Considere organizar um pequeno evento durante a Semana Laudato Si’ para comemorar esse compromisso. Use os recursos promocionais aqui para compartilhar a notícia.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e de compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Representar o seu compromisso com um gesto simbólico

Solidifique o compromisso da sua comunidade e inspire mais pessoas a agirem através de um gesto simbólico.

Um gesto simbólico representa a promessa da sua comunidade de trazer o cuidado com a criação para os suas pastorais. Como diz a Laudato Si’, “É muito nobre assumir o dever de cuidar da criação com pequenas ações diárias,” e os atos pastorais contínuos da sua comunidade podem agregar uma grande proteção à nossa casa comum. (211)

Os gestos simbólicos podem incluir:

  • plantar uma árvore que representa o seu compromisso com a criação a longo prazo,
  • participar de uma mobilização pelo clima para representar a sua solidariedade com os jovens, ou
  • instalar um jardim de plantas para representar a sua pertença à teia da vida.

Para se preparar para o seu gesto simbólico, considere as seguintes etapas:

  • Encontre uma pessoa ou um pequeno grupo que irá se comprometer a liderar este trabalho com você. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Peça para falar com seu pároco ou outro líder. Durante a reunião, lhe agradeça por sua ação em questões sociais. Explique que cuidar da criação é uma maneira importante de reforçar e viver a missão social da Igreja.
  • Ofereça a ajuda de seu pequeno grupo para implementar o cuidado com a criação. Por exemplo, seu grupo pode dar ideias de aulas para educação religiosa, organizar momentos de oração ou liderar um evento para o Tempo da Criação. Os recursos para essas ações estão disponíveis gratuitamente online.
  • Solicite que o compromisso da comunidade de cuidar da criação seja comemorado durante a Semana de Laudato Si’, de 16 a 24 de maio. Sugira um dos gestos simbólicos acima ou desenvolva seu próprio.
  • Use os recursos promocionais aqui para compartilhar a notícia sobre o gesto simbólicos e convide a sua comunidade para participar.
  • Durante o gesto simbólico, você pode realizar um breve momento de oração.
  • Nos dias seguintes ao gesto simbólico, acompanhe os participantes para informá-los sobre as próximas etapas que sua comunidade seguirá.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Desenvolver sua própria atividade

As ações sugeridas para a Semana Laudato Si estão abaixo, mas você pode organizar qualquer ação que seja adequada para sua comunidade. Para planejar algo impactante, você deve considerar uma ação que atenda a esses critérios:

  • seja inspirado na Laudato Si’,
  • acelere as soluções para a nossa crise ecológica, e
  • desenvolve a comunidade a longo prazo.

Alguns exemplos, talvez você queira atuar como mentor de uma comunidade de sua diocese interessada em atuar segundo a Laudato Si’, ou plantar um jardim polinizador, ou reduzir o uso de carros em sua paróquia ou elaborar planos de aula sobre a Laudato Si’ no calendário da educação religiosa para o ano.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Dicas para organizar uma atividade bem-sucedida

Planejar bem é a chave para organizar uma atividade bem-sucedida. Além das dicas das atividades acima, considere as seguintes etapas:

  • Recrute pessoas que juntem-se a você. Uma pequena equipe irá distribuir o trabalho, atrair apoio, e organizar uma atividade de modo mais fácil. Convide membros da equipe com estes recursos. Você pode entrar em contato diretamente com pessoas que você conhece ou usar os recursos de recrutamento aqui para recrutar voluntários.
  • Envolva os líderes da sua comunidade. Os conhecimentos e a autoridade deles são cruciais para o sucesso de sua atividade.
  • Crie um plano e coloque cada etapa em um calendário. Essa é a melhor maneira de garantir que sua atividade seja viável.
  • Não se esqueça de que os membros da equipe entendam seus papéis e responsabilidades. Nomeie uma pessoa para responsabilizar os membros da equipe e responder a perguntas.
  • Use os recursos promocionais aqui para compartilhar a notícia sobre sua atividade.
  • Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ e compartilhar histórias e fotos da sua comunidade nas redes sociais usando a hashtag #LaudatoSi5.

Oração para usar na sua atividade

Criador, Redentor, Espírito Santo,
obrigado pelo dom da Laudato Si’, que nos ensina
que “O Criador não nos abandona;
nunca recua no seu projeto de amor
nem Se arrepende de nos ter criado.
A humanidade possui ainda a capacidade de colaborar
na construção da nossa casa comum.”

Criador, dê-nos vida.
Ajude-nos a honrar-Te
cuidando da sua preciosa criação.

Redentor, dê-nos esperança.
Ajude-nos a ver novas maneiras de viver
afastando-nos do caminho da destruição.

Espírito Santo, dê-nos unidade.
Ajude-nos a encontrar força no amor entre nós
buscando cura para a Terra.

Amém.

Inscreva ou encontre uma atividade

Inscreva a sua atividade da Semana Laudato Si’ aqui.

Encontre uma atividade da Semana Laudato Si’ para participar aqui.

Inscreva a sua atividade da Semana Laudato Si’ aqui.

Encontre uma atividade da Semana Laudato Si’ para participar aqui.

Sobre a Semana Laudato Si’

A Semana Laudato Si’ é uma celebração de uma semana de ações ambiciosas e em oração para proteger a criação. É a comemoração do quinto aniversário da encíclica Laudato Si’, do Papa Francisco, sobre ecologia e mudança climática.

Nos cinco anos desde a publicação de Laudato Si’, as emissões de gases de efeito estufa continuam aumentando, as espécies continuam desaparecendo em um ritmo surpreendente e nossos irmãos e irmãs em todo o mundo continuam sofrendo os efeitos de um planeta em crise.

Ao mesmo tempo, as comunidades católicas em todos os lugares adotaram medidas concretas para reduzir seu impacto ambiental, conectadas ao Criador em oração e incentivaram o desenvolvimento de políticas ambientais morais.

Durante a Semana de Laudato Si, olhamos para trás para celebrar as ações incríveis que as comunidades católicas adotaram até o momento e olhamos em frente com o compromisso de acelerar as ações para proteger nossa casa comum.

A Semana da Laudato Si é patrocinada pelo Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral do Vaticano e facilitada pelo Movimento Global pelo Clima Católico e pela Renova+ em colaboração com parceiros. Veja mais sobre a Semana Laudato Si’ aqui.

Sobre a Laudato Si’

Laudato Si’: Sobre o Cuidado da Casa Comum, é a encíclica do Papa Francisco sobre mudança climática e ecologia. Foi assinada em 2015, em 24 de maio, na solenidade de Pentecostes. Seu título significa “Louvado seja” no dialeto da Úmbria falado por São Francisco.

A encíclica é uma reflexão sobre como praticar o princípio católico essencial de valorizar a vida em meio à devastação inimaginável de nosso planeta. A Laudato Si’ responde a um mundo que está cada vez mais quente, mais poluído e mais desprovido de vida. Enquadra a necessidade urgente de resolver esses desafios na longa história do ensino católico sobre ecologia e parte das declarações de São João Paulo II, do Papa Bento XVI e de bispos e estudiosos de todo o mundo.

Partindo dessas bases, a Laudato Si’ nos pede que consideremos as profundas conexões entre como tratamos Deus, uns aos outros e toda a criação. A encíclica propõe uma lente da “ecologia integral”, através da qual vemos que a catástrofe ambiental – em todas as suas dimensões – é um sintoma de uma catástrofe social maior. (137)

Como a Laudato Si’, nós não encaramos “duas crises separadas: uma ambiental e outra social; mas uma única e complexa crise socioambiental.” (139) Na economia, política e tecnologia, na biodiversidade, na gestão de recursos e aquecimento global, e mesmo em nossa teologia, vemos que os relacionamentos rompidos têm consequências terríveis para o nosso mundo.

A esperança é possível. Somos chamados a avaliar sinceramente nosso modo de vida e a renovar os laços que nos ligam uns aos outros e ao nosso Criador. Como diz Laudato Si’, “Se a crise ecológica é uma expressão ou uma manifestação externa da crise ética, cultural e espiritual da modernidade, não podemos iludir-nos de sanar a nossa relação com a natureza e o meio ambiente, sem curar todas as relações humanas fundamentais.” (119)

A Laudato Si’ é um documento rico e comovente que oferece novas perspectivas e abre novas áreas de investigação no corpo do ensino católico. Foi adotado por comunidades católicas em todo o mundo. Conferências episcopais, dioceses, paróquias, comunidades religiosas e escolas e universidades católicas.

Em todo o mundo, as comunidades adotaram suas orientações claras e coerentes sobre as raízes e as soluções para um planeta em crise.

Perguntas frequentes

1. O que você quer dizer com ação ousada que vai um passo além do que já realizamos?

Nos cinco anos desde a publicação da Laudato Si’, as comunidades católicas organizaram cultos de oração, organizaram eventos educacionais, plantaram árvores, instalaram painéis solares, incentivaram funcionários eleitos a desenvolver políticas morais ambientais e realizaram milhares de outras ações no espírito da Laudato Si’.

Cada uma dessas ações é uma bênção que honra o Criador e protege a criação. Mas a crise ambiental não está diminuindo. Precisamos acelerar nossa resposta. É importante que respondamos com a urgência e clareza que a crise exige.

Por isso, você é convidado a avaliar as ações que realizou até o momento e dar o próximo passo. O que “o próximo passo” significa depende da sua comunidade.

2. Nenhuma das ideias sugeridas parece compatível com minha comunidade. Podemos desenvolver nossa própria ação?

Sim, claro! Você pode organizar qualquer ação. Para planejar algo impactante, você deve considerar uma ação que atenda a esses critérios:

  • seja inspirado na Laudato Si’,
  • acelere as soluções para a nossa crise ecológica, e
  • desenvolve a comunidade a longo prazo.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ para inspirar outros.

3. Como proteger a criação expressa valores católicos?

Proteger a criação expressa valores católicos essenciais: honrar nosso Criador e amar uns aos outros.

Como católicos e cristãos, acreditamos que toda a vida é um presente de um Deus amoroso e que a Terra nos foi dada para guardar e cultivar. Certamente cultivamos a Terra, mas não a mantemos muito bem. Não protegemos a criação como um presente; não a administramos para o bem de todos. Corrigir esse erro honra nosso Criador.

Cuidar da criação também é uma maneira de cuidar de nossos irmãos e irmãs. Um clima em mudança significa chuva imprevisível, tempestades mais fortes e propagação de mosquitos. Por sua vez, isso significa mais fome, mais doenças, mais migração e mais conflitos. O resultado final é sofrimento desnecessário.

As mudanças climáticas afetam a todos, mas os pobres têm menos recursos para evitar e se recuperar de suas conseqüências devastadoras. Lidar com a crise da mudança climática é uma maneira fundamental de cuidar de todas as pessoas e, especialmente, das “menores delas”.

4. Como devo iniciar uma conversa com meu pároco ou outro líder?

Uma conversa com seu pároco ou outro líder é uma excelente maneira de começar a trabalhar na Semana de Laudato Si’ e no cuidado com a criação em geral. Aqui estão algumas orientações sugeridas para uma reunião respeitosa e produtiva:

  • Identifique um amigo ou um pequeno grupo que irá se comprometer a liderar esse esforço com você.
  • Marque uma consulta para falar com seu líder. Lhe informe que gostaria de falar sobre a resposta da sua comunidade à Laudato Si’. Não deixe de mencionar quem está participando e quando você gostaria de se reunir.
  • Prepare uma agenda para a reunião. Um projeto de agenda pode ser o seguinte: 1.) Agradeça ao seu líder por seu trabalho em questões sociais. 2.) Explique que cuidar da criação é uma maneira importante de reforçar e viver a missão social da Igreja. 3.) Proponha a organização de uma atividade para a Semana Laudato Si ‘. 4.) Explique como sua equipe coordenará o evento e quando ele ocorrerá. 5.) Peça ao líder para adicionar a atividade ao calendário da comunidade.
  • Para se preparar para as perguntas que seu líder possa ter, imprima qualquer uma das seções deste kit de recursos ou dos materiais promocionais.

5. O que é a Semana Laudato Si?

A Semana Laudato Si’ comemora o quinto aniversário de Laudato Si’, um marco histórico na história da Igreja.

Nos cinco anos desde a publicação de Laudato Si’, as emissões de gases de efeito estufa continuam aumentando, as espécies continuam desaparecendo em um ritmo surpreendente e nossos irmãos e irmãs em todo o mundo continuam sofrendo os efeitos de um planeta em crise. Ao mesmo tempo, as comunidades católicas em todos os lugares adotaram medidas concretas para reduzir seu impacto ambiental, conectadas ao Criador em oração e incentivaram o desenvolvimento de políticas ambientais morais.

Durante a Semana de Laudato Si, olhamos para trás para celebrar as ações incríveis que as comunidades católicas adotaram até o momento e olhamos em frente com o compromisso de acelerar as ações para proteger nossa casa comum.

6. Quando a Laudato Si’ foi publicada?

A Laudato Si’ foi publicada no dia 18 de junho de 2015 e assinada em 24 de maio de 2015. A Semana Laudato Si’ comemora a data de assinatura.

1. O que você quer dizer com ação ousada que vai um passo além do que já realizamos?

Nos cinco anos desde a publicação da Laudato Si’, as comunidades católicas organizaram cultos de oração, organizaram eventos educacionais, plantaram árvores, instalaram painéis solares, incentivaram funcionários eleitos a desenvolver políticas morais ambientais e realizaram milhares de outras ações no espírito da Laudato Si’.

Cada uma dessas ações é uma bênção que honra o Criador e protege a criação. Mas a crise ambiental não está diminuindo. Precisamos acelerar nossa resposta. É importante que respondamos com a urgência e clareza que a crise exige.

Por isso, você é convidado a avaliar as ações que realizou até o momento e dar o próximo passo. O que “o próximo passo” significa depende da sua comunidade.

2. Nenhuma das ideias sugeridas parece compatível com minha comunidade. Podemos desenvolver nossa própria ação?

Sim, claro! Você pode organizar qualquer ação. Para planejar algo impactante, você deve considerar uma ação que atenda a esses critérios:

  • seja inspirado na Laudato Si’,
  • acelere as soluções para a nossa crise ecológica, e
  • desenvolve a comunidade a longo prazo.

Não se esqueça de inscrever a sua ação no mapa de ação global da Semana Laudato Si’ para inspirar outros.

3. Como proteger a criação expressa valores católicos?

Proteger a criação expressa valores católicos essenciais: honrar nosso Criador e amar uns aos outros.

Como católicos e cristãos, acreditamos que toda a vida é um presente de um Deus amoroso e que a Terra nos foi dada para guardar e cultivar. Certamente cultivamos a Terra, mas não a mantemos muito bem. Não protegemos a criação como um presente; não a administramos para o bem de todos. Corrigir esse erro honra nosso Criador.

Cuidar da criação também é uma maneira de cuidar de nossos irmãos e irmãs. Um clima em mudança significa chuva imprevisível, tempestades mais fortes e propagação de mosquitos. Por sua vez, isso significa mais fome, mais doenças, mais migração e mais conflitos. O resultado final é sofrimento desnecessário.

As mudanças climáticas afetam a todos, mas os pobres têm menos recursos para evitar e se recuperar de suas conseqüências devastadoras. Lidar com a crise da mudança climática é uma maneira fundamental de cuidar de todas as pessoas e, especialmente, das “menores delas”.

4. Como devo iniciar uma conversa com meu pároco ou outro líder?

Uma conversa com seu pároco ou outro líder é uma excelente maneira de começar a trabalhar na Semana de Laudato Si’ e no cuidado com a criação em geral. Aqui estão algumas orientações sugeridas para uma reunião respeitosa e produtiva:

  • Identifique um amigo ou um pequeno grupo que irá se comprometer a liderar esse esforço com você.
  • Marque uma consulta para falar com seu líder. Lhe informe que gostaria de falar sobre a resposta da sua comunidade à Laudato Si’. Não deixe de mencionar quem está participando e quando você gostaria de se reunir.
  • Prepare uma agenda para a reunião. Um projeto de agenda pode ser o seguinte: 1.) Agradeça ao seu líder por seu trabalho em questões sociais. 2.) Explique que cuidar da criação é uma maneira importante de reforçar e viver a missão social da Igreja. 3.) Proponha a organização de uma atividade para a Semana Laudato Si ‘. 4.) Explique como sua equipe coordenará o evento e quando ele ocorrerá. 5.) Peça ao líder para adicionar a atividade ao calendário da comunidade.
  • Para se preparar para as perguntas que seu líder possa ter, imprima qualquer uma das seções deste kit de recursos ou dos materiais promocionais.

5. O que é a Semana Laudato Si?

A Semana Laudato Si’ comemora o quinto aniversário de Laudato Si’, um marco histórico na história da Igreja.

Nos cinco anos desde a publicação de Laudato Si’, as emissões de gases de efeito estufa continuam aumentando, as espécies continuam desaparecendo em um ritmo surpreendente e nossos irmãos e irmãs em todo o mundo continuam sofrendo os efeitos de um planeta em crise. Ao mesmo tempo, as comunidades católicas em todos os lugares adotaram medidas concretas para reduzir seu impacto ambiental, conectadas ao Criador em oração e incentivaram o desenvolvimento de políticas ambientais morais.

Durante a Semana de Laudato Si, olhamos para trás para celebrar as ações incríveis que as comunidades católicas adotaram até o momento e olhamos em frente com o compromisso de acelerar as ações para proteger nossa casa comum.

6. Quando a Laudato Si’ foi publicada?

A Laudato Si’ foi publicada no dia 18 de junho de 2015 e assinada em 24 de maio de 2015. A Semana Laudato Si’ comemora a data de assinatura.